O cadáver de Gabriel, o menino espanhol que estava desaparecido há 12 dias, foi encontrado este domingo.

O Ministério do Interior espanhol diz que o corpo foi encontrado na mala do carro da namorada do pai do menino, quando esta o tentava transportar para outro local.

A mulher foi detida pela Guardia Civil.

A criança de 8 anos tinha desaparecido em Níjar, Almería, quando saiu de casa dos avós para ir brincar com amigos e nunca mais voltou.

Os pais acreditavam que o filho tinha sido raptado e fizeram um apelo para que o devolvessem.

Alguns dias depois, durante as buscas, a camisola interior de Gabriel foi encontrada na área da estação de tratamento de esgotos de Barranco Las Águilas, na zona de Las Negras, a cerca de 3,5 quilómetros do local onde a criança desapareceu, dia 28 de fevereiro.

Na altura, foi precisamente a namorada do pai a encontrar a camisola. Em vez de despistar a polícia, a mulher de 35 anos concentrou precisamente todas as suspeitas nela e as autoridades passaram a vigiá-la atentamente.

A detida foi sempre presença assídua nos eventos sobre o desaparecimento de Gabriel.