O furacão Arthur, o primeiro da época de furacões do oceano Atlântico, ganhou força e as extremidades estão já a atingir o sul da Carolina do Norte, nos EUA, adiantou o Centro Nacional de Furacões dos EUA.

O furacão está localizado a cerca de 240 km a sudoeste do Cabo do Medo, na Carolina do Norte, e já regista ventos a 130 quilómetros por hora. O furacão, que esta quinta-feira, evoluiu para tempestade, tem aproximadamente 300 quilómetros.

O maior perigo, para já, são as fortes correntes no mar e que devem fazer aumentar a agitação marítima junto à costa. As autoridades recomendam à população que fiquem longe do mar. Em 2009, e apesar dos avisos, seis pessoas morreram como consequência das tempestades tropicais no mar.