Os funerais dos quatro cartoonistas mortos no ataque ao jornal satírico «Charlie Hebdo» no dia 7 realizaram-se esta quinta-feira.
 
As fotografias da Reuters mostram o caixão de Bernard Verlhac, conhecido como «Tignous». Um caixão simples, quase rústico, cheio de desenhos e palavras satíricas numa homenagem na morte a quem fez disso lema de vida.
 
Bernard Verlhac foi alvo de uma homenagem na câmara de Montreuil, perto de Paris. Centenas de pessoas assistiram ao funeral.