Joaquín “El Chapo” Guzmán, um dos maiores narcotraficantes do México e cabecilha do cartel de Sinaloa,  fugiu da prisão de alta segurança Altiplano cavando um túnel pelo duche. Tudo aconteceu no passado fim de semana e o governo do México divulgou, na terça-feira, um vídeo que mostra o exato momento da fuga. 

As imagens foram apresentadas aos órgãos de comunicação social pelo chefe da Comissão Nacional de Segurança, Monte Alejandro Rubido. “El Chapo” caminha de um lado para o outro na sua cela, senta-se na cama para trocar de calçado e, por fim, baixa-se na zona do duche, tapada por um muro.

Volta a fazê-lo uma segunda vez e nunca mais volta a aparecer.  

“O material que acabam de visualizar foi captado pela câmara de vigilância no interior da cela onde se encontrava. O comportamento do detido no dia dos factos era, até esse momento, rotineiro, natural para um recluso que passa longas horas dentro da sua cela”, disse Monte Alejandro Rubido, aos jornalistas.

As autoridades intensificaram a caça ao homem e oferecem uma recompensa de 60 milhões de pesos, qualquer coisa como 3,5 milhões de euros, a quem tiver informações que ajudem a encontrar “El Chapo”.