O governo alemão anunciou, nesta quinta-feira, que vai prolongar os controlos de passaportes em algumas das fronteiras do país por mais seis meses a partir de novembro.

Em comunicado, o ministro do Interior, Thomas de Maizière, indica que os controlos vão continuar na fronteira entre a Alemanha e a Áustria e nos voos provenientes da Grécia.

A medida é justificada com a “quantidade considerável de migração ilegal” e o agravamento da insegurança na Europa após vários ataques nos últimos anos.

O controlo de passaportes foi introduzido há dois anos, quando milhares de migrantes entraram no país a partir da Áustria.