Por causa do "ciclone bomba" que está a atingir a Costa Leste do país, o frio nos Estados Unidos é tanto que está a congelar a atingir até as cidades mais improváveis e a provocar os cenários mais estranhos. Na Florida, o frio é tanto que as iguanas estão a congelar, não se conseguem segurar às árvores e caem, como se estivessem a chover iguanas.

Os animais de sangue frio são muito comuns nos subúrbios da Florida. As temperaturas estão muito próximas do zero e são suficientes para fazer com que estes animais fiquem imobilizados, como se estivessem congelados.

Nas redes sociais, proliferam os vídeos de animais inertes, ajudados por populares.

A situação é tal que as autoridades já se viram obrigadas a lançar um alerta às populações: as iguanas estão imóveis, mas não significa que estejam mortas. As autoridades estão preocupadas que, quando seguras pelos seres humanos e em contacto com o calor que imana do corpo humano, os animais possam "acordar", sentir-se ameaçados e atacar quem as está a segurar. Quanto maior a iguana for, maior a probabilidade de sobreviver a esta espécie de hibernação repentina.

A situação repete-se com outros animais de sangue frio. As tartarugas marinhas, por exemplo, também têm sofrido com as baixas temperaturas. Muitas estão imobilizadas na costa de Miami.