A Frente Al-Nusra, grupo ligado à Al-Qaeda, libertou esta quinta-feira um grupo de 45 capacetes azuis das Ilhas Fiji, que tinha em cativeiro há duas semanas. A informação, adiantada pela Al-Jazeera, indica ainda que os soldados de paz das Nações Unidas deverão cruzar em breve a fronteira entre a Síria e Israel, nos Montes Golã.

Filiada na rede Al-Qaeda, a Frente Al-Nusra é um grupo combatente na guerra civil síria.

Na quarta-feira, colocou um vídeo nas contas do Twitter e Youtube, com imagens dos capacetes azuis, aparentemente de boa saúde e em alguns momentos até sorridentes.

Os soldados foram capturados no último mês, depois dos combatentes islâmicos cruzarem um posto de controlo na linha que separa israelitas e sírios nos Montes Golã desde 1973.

O planalto foi conquistado por Israel na guerra de 1967. Síria e Israel continuam tecnicamente em guerra. Mais de 1 200 capacetes azuis vigiam o cessar-fogo.