As autoridades francesas vão investigar que razões levaram a professora ir com os 10 alunos para uma pista de ski encerrada. A investigação acontece depois de uma avalanche resultar na morte de dois dos jovens, um com 14 e outro com 16 anos.

A pista em causa estava fechada há algum tempo, por causa da falta de neve. Mas, nos dias anteriores ao acidente, nevou bastante, tornando as condições ainda mais adversas e propícias a avalanches.

As autoridades locais informaram também que a pista estava sinalizada como “local perigoso” e tinha uma rede a interditar o espaço. Contudo a professora, que também ficou ferida, levou os alunos para aquela zona mais remota.

“A razão para a professora, que também ficou ferida, levar os alunos para uma pista fechada…é algo que um inquérito judicial vai investigar”, garantiu o ministro francês do desporto e juventude, Patrick Kanner, aos jornalistas no local.


Ao todo, este incidente resultou em três mortes: os dois alunos e um turista ucraniano que não estava ligado ao grupo.

Apesar de todas as pessoas que se sabem envolvidas no acidente já terem sido resgatadas, as buscas continuam para garantir que ninguém foi deixado para trás. A avalanche teve 20 metro de altura e 300 metros de comprimento.