O ex-presidente de um banco do Missouri, Estados Unidos, confirmou perante um tribunal federal ter utilizado dinheiro dos contribuintes para comprar uma casa de férias na Florida.

Os fundos públicos usados faziam parte de um pacote de ajuda financeira disponibilizado pelo Governo norte-americano. Este programa foi criado durante a crise de 2008 para ajudar os bancos e recuperar a economia.

De acordo com a BBC, Darryl Lane Woods aproveitou-se da situação para benefício próprio e utilizou quase 300 mil euros.

A decisão judicial sobre o futuro de Woods ainda não foi anunciada mas a pena pode ir até um ano de prisão. O homem foi ainda proibido de trabalhar em bancos.