O Presidente francês, François Hollande, confirmou esta quarta-feira que dois homens franceses foram identificados no vídeo do Estado Islâmico que mostra a decapitação de 18 prisioneiros sírios e um norte-americano.

«Tudo o que podemos dizer por agora é que aparecem dois franceses», disse Hollande numa conferência de imprensa em Camberra, na Austrália.

«Um já foi categoricamente identificado e o outro está prestes a ser», explicou.

Segundo o diário «france-soir», que cita um jornalista investigativo, garante que Abou Uthman tem como apelido «dos Santos», que é de Roubaix, perto de Lille, no norte de França e pode ser filho de portugueses, há muito emigrados nesse país.

Abou Uthman, de 22 anos, partiu para a síria em agosto de 2013, e desde outubro do ano passado que pende um inquérito sobre ele, que inclui um mandado de captura.