O papa Francisco disse neste sábado que os católicos não devem temer a reforma em «estruturas antigas e frágeis» da Igreja, tais como a burocracia e o banco do Vaticano.

«Na vida cristã e na Igreja também há estruturas antigas e frágeis. É preciso renová-las», declarou o papa durante uma missa privada para a Guarda Suíça, de acordo com o «site» eletrónico da Rádio Vaticano.

«Nós não devemos ter medo de deixar cair as estruturas frágeis que nos prendem», referiu o papa, numa citação da Lusa.

Neste sábado, o Banco do Vaticano voltou a estar debaixo de fogo após os resultados de novas investigações apontarem para lavagem de dinheiro.