O Papa Francisco lançou, este domingo, um apelo à comunidade internacional para que proteja a água e garanta o acesso universal a este bem. O Dia Mundial da Água assinala-se este domingo, com as estatísticas a lembrarem que 748 milhões de pessoas não têm acesso a água potável devido à contaminação por pesticidas e químicos.

«Decorre hoje a Jornada Mundial da Água, promovida pelas Nações Unidas. A água é o elemento mais essencial para a vida e é da nossa capacidade de o cuidar e partilhar que depende o futuro da humanidade», afirmou Francisco.


O bispo de Roma fez estas declarações a partir da janela do palácio apostólico do Vaticano, durante a oração do «Angelus».

«Encorajo a comunidade internacional a vigiar as águas do planeta, para que sejam adequadamente protegidas e que ninguém seja excluído ou discriminado na utilização deste bem, que é um bem comum por excelência», pediu o chefe da Igreja Católica.


O Dia Mundial da Água é assinalado a 22 de Março desde 1993. Foi criado pela Assembleia Geral das Nações Unidas com o objetivo de alertar as populações e os governos para a urgente necessidade de preservar e poupar este recurso natural valioso.