Um tiroteio fez, esta segunda-feira, pelo menos um morto e seis feridos, em Toulouse, França. De acordo com o jornal Le Figaro, pelo menos dois dos feridos estão em estado grave. 

O jornal Dépêche du Midi refere que um homem numa motorizada, abriu fogo e atirou várias vezes sobre um grupo de pessoas na Praça de Abbal Square, no bairro de La Reynerie, que as autoridades consideram problemático.

O Le Parisien acrescenta que quem atirou foi um homem sentado no lugar de pendura de uma mota. Os dois homens encontram-se em fuga.

Nenhuma pista foi descartada, mas não há elementos que façam ligação ao terrorismo", adianta a polícia, citada pelo jornal.

De acordo com as mesmas fontes policiais, citadas pelo Le parisien, a identificação da vítima mortal revelou que este incidente poderá ter sido um ajuste de contas, uma vez que o indivíduo já era "conhecido" das autoridades. 

A France 3 sugere que a vítima está ligada a um caso de homicídio ocorrido em março de 2016. Nessa altura, um homem de 30 anos foi morto a tiro, a poucos metros do local onde se verificaram os disparos desta segunda-feira à noite. A estação pública de televisão indica também que a polícia teve acesso a um vídeo amador gravado durante o tiroteio que permitiu agilizar a investigação e avançar com esta informação.

Testemunhas ouvidas pela France 3 referem que os atiradores estavam vestidos com roupas tradicionais muçulmanas.

Várias forças policiais foram mobilizadas para o local. As autoridades informaram que foi montado um dispositivo de segurança para deter os atiradores.