O partido do presidente francês, Emmanuel Macron, terá obtido hoje a maioria absoluta, entre 355 e 425 assentos, num total de 577, segundo as sondagens à boca da urna.

A abstenção atinge mais de 56%, um recorde para uma segunda volta das legislativas.

O partido de direita Os Republicanos terá obtido 97 a 130 lugares e o Partido Socialista entre 27 e 49 e a esquerda radical (França Insubmissa e Partido Comunista) um total de 10 a 30 assentos.

A líder da extrema-direita francesa, Marine Le Pen, foi eleita deputada, pela primeira vez.

A Frente Nacional, de Le Pen, deverá contar com seis deputados na nova Assembleia francesa, de acordo com as primeiras projeções, incluindo Louis Aliot, vice-presidente do partido de extrema-direita e companheiro de Marine Le Pen, que é, até agora, deputado ao Parlamento Europeu.

Marine Le Pen foi eleita pelo seu círculo, Hénin-Beaumont (norte de França).