A Polícia francesa divulgou, este domingo à tarde, um novo apelo, desta vez, para conseguir identificar um terceiro kamikaze que se fez explodir junto ao Estádio de França. 

  Os investigadores conseguiram chegar a este rosto, mas não têm ainda a identidade. É para isso que pedem ajuda.
 
A polícia já tinha confirmado na sexta-feira que este terceiro kamikaze do Estádio de França se tinha registado a 3 de outubro, como refugiado, na ilha grega de Leros. Exatamente no mesmo dia que outro dos bombistas dos atentados de Paris.
 
As autoridades já tinham pedido ajuda para identificar esse outro bombista, que tinha junto a si um passaporte sírio, ao que tudo indica falso. A imagem foi divulgada na última quarta-feira, mas, de acordo com o Le Figaro, ainda não foi identificado.

   
O outro terrorista desta equipa de três que se fizeram explodir junto ao Estádio de França, junto ao McDonald’s, foi identificado quase de imediato graças às impressões digitais. Era Bilal Hadfi, supostamente o mais novo de todos.