O ministro do Interior francês revelou esta quarta-feira que foi detido, no domingo, nos arredores de Paris, um homem que tinha «planos iminentes» para perpetrar um atentado contra uma ou duas igrejas e armamento para o levar a cabo.

O suspeito, um estudante de informática de 24 anos, «projetava a execução iminente de um atentado contra uma ou duas igrejas» e, aparentemente, tinha a intenção de viajar em seguida para a Síria, disse Bernard Cazeneuve.

Na sua casa e no seu veículo foi encontrado um «arsenal» composto por armas de guerra, pistolas, munições, material informático e de comunicações.

O «Le Monde» acrescenta que o jovem tinha sido colocado sob vigilância após ter passado uma semana na Turquia. 

Segundo Bernard Cazeneuve, também é suspeito de ter estado envolvido na morte de uma jovem de 32 anos, encontrada sem vida no interior de uma viatura, no domingo passado, em Villejuif, perto da capital.