Um homem matou a tiro a sua antiga companheira e outras duas pessoas durante uma festa de passagem de ano, no norte de França, antes de se suicidar, num aparente crime passional, informou  esta quinta-feira a polícia francesa.

O homem, de 30 anos, também deixou feridas três outras pessoas, uma das quais com gravidade, com a espingarda, durante o ataque que teve lugar, esta madrugada, numa rua de Arras, perto do porto de Calais.

O homem «não lidou bem com a separação» da sua antiga parceira, de acordo com a investigação preliminar das autoridades.