Ao final da tarde desta terça-feira, a intervenção da polícia pôs cobro ao sequestro de, pelo menos, duas pessoas, levado a cabo por um homem que se barricou num prédio no número 45 da Rue des Petites Ecuries, no 10º bairro em Paris.

A operação foi confirmada pelo minsitro do Interior francês, Gérard Collomb, que louvou a eficácia das forças policiais.

De acordo com os meios de comunição franceses, o indivíduo mantinha ainda dois reféns sequestrados, no momento em que foi aprisionado.

Escritório de Youtubers

Ao início da tarde, um homem que disse estar armado e dispor de uma bomba fez reféns num prédio no número 45 da Rue des Petites Ecuries, no 10º bairro de Paris, segundo noticiou então a estação televisiva BFMTV.

A empresa sediada no número 45 daquela artéria da capital francesa é uma agência publicitária, onde trabalham YouTubers célebres como Cyprien, Norman e Squeezie, segundo relatou o jornal Le Figaro.

A BFMTV apurou então que o sequestrador é, ou fez-se passar, por entregador de refeições para conseguir entrar no edifício.

O Le Figaro adiantou que o homem, cuja identidade ainda não se conhece, pediu para o colocarem em contacto com a embaixada do Irão para que esta entregasse um documento ao governo francês.

A polícia francesa, em declarações ao mesmo jornal, informou ter iniciado conversações com o sequestrador, descartando a hipótese de o incidente se tratar de um ato terrorista.

Ao final da tarde, a polícia entrou no escritório e capturou o sequestrado, após quase quatro horas em que manteve consigo dois reféns, que foram libertados, ilesos.