"As detenções são o resultado do trabalho minucioso dos nossos serviços de inteligência e eleva para dez o número de atentados frustrados em território nacional desde 2013", assegurou o ministro.