Cerca de 200 habitantes da cidade francesa de Lille foram retirados do bairro onde residem, na noite de sábado, depois de terem sido encontradas cinco garrafas de gás no interior de um carro, disse a polícia.

As autoridades desvalorizaram a possibilidade de tratar-se de um ataque terrorista.

Há uma boa probabilidade de ser algo inócuo”, disse uma fonte da polícia citada pela AFP.

Um residente deu o alerta pelas 22:30 (21:30 em Lisboa) e uma unidade anti bomba foi enviada para o local como prevenção.

No final de agosto, um concerto na cidade holandesa de Roterdão foi cancelado em cima da hora depois de uma informação da polícia espanhola. O condutor de uma carrinha com várias garrafas de gás que estava perto do local do concerto foi detido, mas libertado mais tarde.

Em junho, uma grande operação foi lançada depois de um veículo com uma dúzia de garrafas de butano escondidas sob uma lona ter sido descoberto no leste de França. Uma investigação concluiu que o motorista estava a roubar o seu empregador, uma empresa de transporte de mercadorias, incluindo garrafas de gás.

A França tem estado em estado de emergência desde os atentados em Paris em novembro de 2015, que causaram 130 mortos.

Desde então, um ataque em Nice causou 86 mortos e o país tem sofrido uma série de ataques em pequena escala, a maior parte deles visando as forças de segurança.