Por 100 euros por dia, os casais homossexuais já podem contratar uma ama-de-leite em França. Pelo menos é isso que o anúncio colocado por « cecilia232» no site e-loue oferece.

«Sou uma jovem mãe de perfeita saúde, enfermeira de profissão, 29 anos, e estou a alugar os meus seios para amamentar bebés. Sou da região parisiense, mas posso deslocar-me. Num dia ofereço uma dezena de amamentações para o seu bebé. Os casais de homens homossexuais não têm a oportunidade de amamentar o seu bebé e a amamentação permite aos bebés terem uma melhor saúde. Sem dúvida, o leite maternal fornece os nutrientes completos. Contatem-me via site. Abstenham-se as pessoas não sérias», pode ler-se no anúncio.

O anúncio surge depois da aprovação polémica que autoriza o casamento homossexual em França.

Segundo a Reuters, o site e-loue afirma que verificou a legitimidade e legalidade do anúncio, que tem feito sucesso, apesar de apenas metade das respostas serem sérias.

«Recebi mais de uma dúzia de solicitações, mas só metade eram sérias. O resto eram de pervertidos», disse a autora da oferta, que usa um pseudónimo.