As inundações na região de Paris, França, já causaram quatro mortos e 24 feridos. O balanço da catástrofe foi feito este sábado pelo primeiro-ministro, Manuel Valls, segundo noticia a agência France Press.

Depois de oito dias de cheias, as águas começam a descer esta manhã na capital francesa mas apenas ligeiramente, segundo o serviço de prevenção do país.

De acordo com o primeiro-ministro Valls, desde o início das inundações já foram realizadas cerca de 20 mil evacuações, 17 mil das quais na região de Paris.

A subida do nível do rio Sena para o mais elevado dos últimos 30 anos, levou as autoridades a adotarem várias medidas, concretamente preventivas. Os museus do Louvre e d'Orsay permanecem encerrados, tal como os cais, e foram erguidas barricadas.

As chuvas que se abateram sobre a Europa esta semana já causaram várias mortes.