França: tiroteio à porta de escola faz quatro mortos

Um homem abriu fogo sobre um grupo de pessoas que estavam no exterior do edifício

Por: Redação / PP    |   19 de Março de 2012 às 08:28
Artigo atualizado às 12:57

Um tiroteio à porta de uma escola judaica em Toulouse, em França, fez, pelo menos, quatro mortos, avançam as agências internacionais. Entre as vítimas mortais estão três crianças e um adulto. Há também registo de uma pessoa gravemente ferida.

Três das vítimas fazem parte da mesma família: um professor, com 30 anos de idade, e os seus dois filhos com três e seis. A outra criança que morreu terá entre 8/10 anos. O ferido grave será um rapaz com 17 anos de idade.

Segundo testemunhas no local, um homem abriu fogo sobre as pessoas que estavam à porta da escola e, em seguida, fugiu de mota.

Recorde-se que há alguns dias três soldados foram mortos a tiro, na mesma região no sudeste de França, por um homem numa mota.

«Tragédia nacional»

O Presidente francês, Nicolas Sarkozy, já declarou como «tragédia nacional» o ataque armado e decretou um minuto de silêncio terça-feira, em todas as escolas.
PUB
FOTOGALERIA:
Tiroteio em escola judaica de Toulouse fez quatro mortos

Tiroteio em escola judaica de Toulouse fez quatro mortos (Jean Philippe Arles/Reuters) EM CIMA: Tiroteio em escola judaica de Toulouse fez quatro mortos (Jean Philippe Arles/Reuters)

COMENTÁRIOS

PUB
"Ministra das Finanças é tão competente a governar quanto é incompetente a falar"

Marcelo Rebelo de Sousa criticou Maria Luís Albuquerque devido às declarações sobre cortes nas pensões. Para o comentador da TVI, as palavras da ministra colocaram os pensionistas de "cabelos em pé". Marcelo considerou ainda que "o grande problema no futuro político" da ministra é que esta "tem de arranjar uma maneira de falar como age e não de agir como fala"