logotipo tvi24

França: tiroteio à porta de escola faz quatro mortos

Um homem abriu fogo sobre um grupo de pessoas que estavam no exterior do edifício

Por: Redacção / PP    |   2012-03-19 08:28

Artigo atualizado às 12:57

Um tiroteio à porta de uma escola judaica em Toulouse, em França, fez, pelo menos, quatro mortos, avançam as agências internacionais. Entre as vítimas mortais estão três crianças e um adulto. Há também registo de uma pessoa gravemente ferida.

Três das vítimas fazem parte da mesma família: um professor, com 30 anos de idade, e os seus dois filhos com três e seis. A outra criança que morreu terá entre 8/10 anos. O ferido grave será um rapaz com 17 anos de idade.

Segundo testemunhas no local, um homem abriu fogo sobre as pessoas que estavam à porta da escola e, em seguida, fugiu de mota.

Recorde-se que há alguns dias três soldados foram mortos a tiro, na mesma região no sudeste de França, por um homem numa mota.

«Tragédia nacional»

O Presidente francês, Nicolas Sarkozy, já declarou como «tragédia nacional» o ataque armado e decretou um minuto de silêncio terça-feira, em todas as escolas.

Partilhar
FOTOGALERIA:
Tiroteio em escola judaica de Toulouse fez quatro mortos

Tiroteio em escola judaica de Toulouse fez quatro mortos (Jean Philippe Arles/Reuters) EM CIMA: Tiroteio em escola judaica de Toulouse fez quatro mortos (Jean Philippe Arles/Reuters)

Maddie: relatório inglês explica «frustração» da polícia portuguesa
Grande número de agências britânicas envolvidas terá prejudicado a investigação, de acordo com um relatório a que a Sky News teve acesso
Ucrânia: 4.000 soldados da NATO prontos a atuar em 48 horas
Aliança Atlântica vai criar força especial de reação rápida, apta a agir por ar, terra e mar, se for preciso
Reino Unido: passaportes suspeitos serão confiscados
Listas de passageiros das companhias aéreas serão passadas a pente fino pelas autoridades para impedir entrada ou saída de cidadãos suspeitos de terrorismo
EM MANCHETE
BES: PGR explica equipa especial
Joana Marques Vidal afirmou ser necessário ter uma «visão integrada e adequada» do caso
Governo deixa cair aumento da TSU e do IVA para 2015
Goldman Sachs emprestou 636 milhões ao BES
PUB
Ordem dos Advogados apresenta queixa-crime contra ministros

Em causa o novo mapa judiciário. Ordem dos Advogados fundamenta a queixa-crime com o que considera ser um «atentado ao Estado de Direito»