Quatro homens foram formalmente acusados da violação de uma fotógrafa, a 22 de agosto.

A decisão do Tribunal de Bombaim, na Índia, foi conhecida esta quinta-feira. Um quinto suspeito, com menos de 18 anos à data dos factos, será julgado em separado e por um tribunal de menores, de acordo com a agência France Presse.

A jovem fotojornalista foi atacada por cinco homens quando tirava fotografias numa antiga e abandonada fábrica têxtil, no bairo de Lower Parel. A mulher, que trabalha para uma revista britânica, com escritório na cidade, estava acompanhada por um colega, que foi agredido e amarrado e não conseguiu evitar o pior, escreve o jornal «Times of India».

A vítima foi internada, com múltiplas lesões internas.

Na semana passada, a justiça indiana condenou os autores da violação de uma estudante num autocarro de Nova Deli em dezembro de 2012 à pena de morte.