Bill Gates continua a ser o homem mais rico dos Estados Unidos, com uma fortuna pessoal avaliada em 76 mil milhões de dólares, segundo uma classificação publicada hoje no 'site' da revista Forbes.

O co-fundador da Microsoft lidera a lista pelo 22.º ano consecutivo. Em 1993, substituiu o investidor Warren Buffett, que está este ano mais uma vez em segundo lugar, com 62 mil milhões de dólares.

Os primeiros lugares desta lista são ocupados pelas figuras habituais, com destaque para os líderes de impérios industriais e indivíduos mais jovens que fizeram fortuna com a expansão da Internet.

Larry Ellison, antigo presidente executivo da Oracle, surge na terceira posição, com 47,5 mil milhões de dólares, depois surge o fundador da Amazon, Jeff Bezos, com 47 mil milhões de dólares e os irmãos Charles e David Koch estão nos dois lugares seguintes, com fortunas de 41 mil milhões de dólares cada um.

Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, está na sétima posição, com 40,3 mil milhões de dólares, seguem-se o antigo presidente da Câmara de Nova Iorque Michael Bloomberg na oitava posição (38,6 mil milhões de dólares), Jim Walton, herdeiro da Wal-Mart, na nona (33,7 mil milhões de dólares) e Larry Page, presidente executivo da Google, surge em décimo lugar, com 33,3 mil milhões de dólares.

A tendência recente do aumento de pessoas muito ricas foi confirmada. Este ano é preciso ter uma fortuna de pelo menos 1,7 mil milhões de dólares para entrar na lista dos 400 da Forbes, quando no ano passado bastavam 1,55 mil milhões de dólares.