Um homem diz ter sido atacado por um enorme urso, enquanto passeava o cão, na passada quarta-feira. Andrew Meunier estava no exterior do seu apartamento na Florida, nos Estados Unidos da América, quando o urso apareceu de surpresa e se lançou a ele, atacando-o no rosto e no tronco.

Andrew conta como chegou à rua e ficou frente a frente com o urso, com cerca de um metro de altura. Ainda tentou fugir, mas não foi rápido o suficiente.

Acabou por sair do encontro inesperado com vários cortes na cabeça e no peito. Conseguiu escapar das garras do urso e ligar para o 911 (equivalente ao 112 em Portugal). Foi transportado para o hospital local, onde recebeu 41 pontos.

Ainda que esteja consciente da difícil recuperação que tem pela frente, diz estar grato porque o resultado poderia ser bem pior.

Estou só feliz por estar vivo. Podia estar a contar uma história totalmente diferente”, afirmou Andrew.

Esta não é a primeira vez que os residentes daquele complexo de apartamentos relataram ter visto ursos nas proximidades. Não é algo fora do comum no estado da Florida.

Segundo um relatório de 2015, citado pela Fox News, existem aproximadamente 4050 ursos pretos em todo o estado. Contudo, é “bastante raro” os ursos atacarem pessoas. Muitas das vezes, os animais são vistos simplesmente a remexerem nos caixotes do lixo.

Este é o primeiro ataque de urso documentado no sul da Florida, desde que começámos a manter registos, na década de 1970”, declarou Brian Norris, porta-voz da Comissão da Vida Selvagem da Florida.

Como resposta ao ataque, estão a ser tomadas medidas para apanhar e realocar os ursos em causa.

A segurança pública é fundamental para nós e nós damos muita importância a incidentes como este. Temos trabalhado e vamos continuar a trabalhar para reduzir os conflitos entre humanos e ursos nesta comunidade”, assegurou Brian Norris à Fox News.