Uma comissão da Administração de Medicamentos e Alimentos (FDA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos vai debater, esta quinta-feira, pela terceira vez, a viabilização do fármaco designado de ‘viagra feminino’,

Se o “Flibanserin” obtiver ‘luz verde’ por parte da entidade reguladora norte-americana tornar-se-á no primeiro medicamento a ser colocado no mercado para aumentar a libido feminina.

Duas tentativas anteriores (em 2010 e 2013) fracassaram depois de os especialistas terem considerado que os resultados sobre a efetividade do medicamento não eram convincentes.