Segundo o jornal New York Pos

«Podemos confirmar que  Irina Shayk terminou a relação com Cristiano Ronaldo», escreve a publicação, afirmando, sem nomear, que o representante da modelo fez a declaração esta sexta-feira.

A declaração foi feita em exclusivo ao Page Six, uma secção do jornal, e veio acompanhada de uma outra em que a mesma fonte esclarece que o motivo da separação não esteve relacionado com problemas familiares.

«Ela foi próxima da família dele durante a relação. Quaisquer rumores negativos sobre Irina e a família de Ronaldo são completamente falsos e não foram um fator nas causas da separação. A Irina não tem mais qualquer comentário por agora», disse.

Os rumores da separação entre Ronaldo e Irina começaram depois do internacional português ter aparecido na Gala da Bola de Ouro sem a companhia da beldade russa.

Pouco depois, surgiu a informação de que Irina tinha deixado de seguir o jogador nas redes sociais. Já esta sexta-feira, o Correio da Manhã escrevia que os motivos da separação estavam relacionados com atritos entre Irina e a mãe de Ronaldo, nomeadamente o facto de a modelo não ter comparecido no aniversário dos 60 anos de Maria Dolores Aveiro.