logotipo tvi24

Filme inspirado no massacre choca a Noruega

Trailer já está disponível na internet. Filme tem estreia prevista em 2012

Por: Redacção / PP    |   2011-10-16 23:09

Três meses depois do massacre na ilha de Utoya, na Noruega, um realizador decidiu transformar a tragédia num filme. O trailer já está disponível na internet. As imagens estão a chocar a Noruega. Qualquer semelhança entre estas imagens e a realidade do massacre de Utoya, não é pura coincidência

Com o país ainda a recuperar da tragédia de 22 de julho, um realizador russo a viver nos Estados Unidos decidiu transformar a história num filme. As imagens estão a chocar um povo que ainda não está pronto para «reviver» o pesadelo.

Os familiares das 69 vítimas de Utoya e as autoridades norueguesas querem que o trailer seja retirado do Youtube, mas o realizador discorda.

Para os noruegueses, o argumento não convence. Apontam o dedo à insensibilidade de Versace. Dizem ainda ser demasiado cedo para expor uma tragédia, que deixou marcas profundas na sociedade.

No país assiste-se agora a uma discussão sobre os limites da liberdade. As autoridades sabem que não podem proibir a exibição do filme. Limitaram-se, por isso, a pedir ao realizador que por agora retirasse as imagens da internet. O filme ainda não está terminado, mas tem estreia prevista para 2012.

Partilhar
EM BAIXO: Filme inspirado no massacre choca a Noruega
Filme inspirado no massacre choca a Noruega

Três adolescentes detidas por torturarem amiga
Jovens de 16, 17 e 20 anos acusadas em França
Vacina contra o ébola testada em humanos já esta semana
É o primeiro teste deste tipo, pelas mãos do Instituto Nacional de Saúde dos EUA
Rússia coloca nas mãos dos EUA a paz na Ucrânia
A Austrália vai propor veto à participação de Putin na cimeira do G20 em novembro e a UE vai aprovar novas sanções a Putin
EM MANCHETE
Pais vão saber quem são os pedófilos
Proposta de lei prevê mais alterações de modo a aumentar a proteção e a prevenção de crimes de abuso sexual contra menores, pornografia e prostituição infantil
CGTP quer salário mínimo de 540 euros e aumentos de 3%
Governo deixa cair aumento da TSU e do IVA para 2015