O tufão Goni, que já causou pelo menos 26 mortos nas Filipinas, encontra-se hoje perto de Okinawa, no extremo sudoeste do Japão, onde já derrubou veículos e arrancou postos elétricos.

Mais de 100 voos foram anulados por companhias aéreas nipónicas e milhares de casas estavam sem eletricidade nas ilhas do extremo sul do arquipélago.

De acordo com a agência meteorológica japonesa, o 15.º tufão da época na Ásia encontrava-se às 13:00 (05:00 em Lisboa) a 140 quilómetros a noroeste da principal ilha de Okinawa.
 

26 mortos nas Filipinas


Mais de 20 pessoas morreram e centenas tiveram de ser deslocadas no norte das Filipinas devido ao tufão Goni, que provocou ventos intensos e chuvas fortes, de acordo com fontes policiais. 

As vítimas registaram-se nas províncias de Benguet, Mountain e Ilocos Norte, todas situadas na região montanhosa de Cordillera, na ilha de Luzón, segundo o último relatório do Conselho Nacional para Redução de Desastres.