Rachelle Briannan, uma jovem mãe australiana, partilhou, no domingo, no Facebook, a sua tristeza, ao ver que os 12 convites feitos para a festa de aniversário do filho tinham sido recusados ou nem obtiveram resposta. Respondeu a rede social, e Taenon teve direito a uma festa memorável.

Estou sentada no meu quarto, a chorar. Convidei 12 crianças para a festa de aniversário do meu filho, hoje, e uma hora antes, todos cancelaram ou nem responderam às minhas mensagens. O meu filho faz quatro anos e é a primeira vez que realmente percebe o conceito de uma festa com amigos. O meu coração está literalmente partido. Estou triste e zangada. O que é que posso fazer para compensá-lo? Fiz um bolo enorme, com um super-heroi e ele não vai ter ninguém para lhe cantar os parabéns.”

Esta mensagem, partilhada na página de um grupo de mães, sensibilizou centenas na Internet. Cerca de trinta pais, que não conheciam Rachelle ou Taenon, pegaram nas suas crianças e foram cantar os parabéns ao menino, num restaurante de Melbourne.

 

E até um corpo de bombeiros apareceu na festa. Uma surpresa a juntar a uma festa surpreendente.