Oscar Pistorius recebeu tratamento hospitalar depois de ter apresentado ferimentos nos pulsos, lançando o alerta de tentativa de suicídio. O ex-atleta olímpico negou ter tentado acabar com a própria vida e afirmou ter “caído da cama” na sua cela na prisão de Kgosi Mampuru, em Pretória.

Uma fonte próxima da direção da prisão revelou ao jornal Daily Mail que foram encontradas duas lâminas de barbear ensanguentadas junto da cama de Pistorius.

Ele teve cortes graves nos pulsos e os médicos conseguiram estancar o sangue”, revelou um guarda prisional.

Oscar Pistorius negou quaisquer especulações de tentativa de suicídio. Os nossos princípios impedem-nos de discutir o caso em domínio público”, disse Manelise Wolela, porta-voz dos serviços prisionais, ao DailyMail

Esta tarde, o irmão do atleta garantiu que Pistorius estava “bem tendo em conta as circunstâncias”, acrescentando que Oscar tem “um bom espírito”.

Segundo os serviços prisionais sul-africanos, o ex-atleta olímpico já se encontra bem e hoje recebeu as visitas habituais de domingo – o dia em que os reclusos podem estar com os familiares durante mais tempo.

Oscar Pistorius está a cumprir seis anos de cadeia por ter sido acusado de matar a namorada, Reeva Steenkamp, em fevereiro de 2013.

condenado sempre negou a intenção de matar Reeva, alegando que desferiu quatro tiros na porta da casa de banho onde estava a namorada por pensar tratar-se de um ladrão.