Um deslizamento de terras causado por fortes chuvas provocou cinco mortos e 15 desaparecidos, segundo um balanço divulgado no sábado pela Presidente do Chile, Michelle Bachelet.

As chuvas causaram o transbordo de um curso de água e um deslizamento de terra que afetou Villa Santa Lucía, uma localidade isolada com apenas 300 habitantes na região de Los Lagos, a 1.100 quilómetros a sul da capital, Santiago do Chile, disse Mahumd Aleuy, do Ministério do Interior.

Em conferência de imprensa, Michelle Bachelet indicou que os cinco mortos incluem duas mulheres, já identificadas, um turista, e outras duas pessoas ainda por identificar, assim como 15 desaparecidos e oito feridos, incluindo quatro em estado grave.

Cerca de duas dezenas de casas ficaram destruídas, incluindo na sequência de incêndios, que também afetaram veículos e as linhas elétricas da aldeia.

Os preparativos para as eleições presidenciais de hoje foram suspensos na localidade, devido aos estragos sofridos pela escola onde deveria decorrer a votação.