Pelo menos 11 pessoas morreram no sudoeste da Índia, incluindo uma criança, na sequência da queda de um muro, uma semana depois da derrocada de um edifício ter causado 61 vítimas mortais no mesmo Estado, informaram as autoridades.

Uma parede recentemente construída num armazém contíguo desmoronou-se sobre os precários alojamentos de um grupo de trabalhadores de construção perto da localidade de Uttarapalayam, no estado de Tamil Nadu, disse uma fonte policial à agência Press Trust of India (PTI).

Quatro mulheres e uma criança estavam entre os mortos e uma pessoa foi regatada com vida, segundo a fonte.