A cidade nigeriana de Maiduguri, antigo feudo do grupo radical islâmico Boko Haram, foi este sábado abalada por três explosões que fizeram pelo menos 47 mortos e 50 feridos, de acordo com o balanço divulgado.

«O balanço é de 47 mortos e pelo menos 50 feridos. Há mulheres e crianças entre os mortos», declarou Abubakar Gamandi, um responsável do sindicato dos pescadores que se encontrava no local da primeira explosão, um mercado de peixe. Este balanço foi confirmado por uma fonte médica e pelo chefe de uma milícia local de autodefesa, Danlami Ajaokuta.

A primeira explosão ocorreu a meio da manhã, quando uma bombista suicida se fez explodir no referido mercado matando pelo menos 18 pessoas, segundo Gamandi.