Três pessoas morreram e 34 ficaram feridas em tumultos provocados na quarta-feira por jovens enfurecidos por rumores de um recrutamento compulsivo para o exército na cidade da Beira, centro de Moçambique, informou esta quinta-feira o Hospital Central daquela cidade que a Lusa cita.

Milhares de jovens da cidade da Beira provocaram distúrbios em protesto contra rumores sobre um recrutamento para o exército, face à instabilidade militar no centro do país, colocando barricadas e incendiando pneus em algumas das principais ruas dos arredores da cidade.

Polícia moçambicana lança gás sobre multidão na Beira

Ainda na quarta-feira, o Ministério da Defesa de Moçambique emitiu um comunicado de imprensa em que qualifica como boato as informações divulgadas por alguns órgãos de comunicação social sobre o recrutamento compulsivo de jovens para o exército, visando enfrentar a instabilidade no centro do país.