Uma explosão num parque industrial na província de Sichuan, no sudoeste da China, causou 19 mortos e 12 feridos, esta sexta-feira. De acordo com a agência Reuters, os feridos encontram-se estáveis.

De acordo com um comunicado do governo chinês, citado pela Reuters, a explosão ocorreu às 23:30 de quinta-feira numa planta química na cidade de Yibin, província de Sichuan. As instalações, compostas por três edifícios de três andares, pertencem à Yibin Hengda Technology, uma fábrica que produz químicos para as indústrias alimentar e farmacêutica.

A explosão provocou um incêndio de grandes dimensões e as nuvens de fumo que saiam da fábrica cobriam o céu e os edifícios ficaram muito danificados. O incêndio terá sido controlado já esta sexta-feira.

As causas da explosão não são conhecidas, mas as autoridades chinesas já abriram uma investigação.

A China tem feito esforços para melhorar os padrões de segurança no trabalho, mas os acidentes industriais mortais continuam a ser comuns no país.

Em 2015, 173 pessoas morreram numa explosão num depósito de produtos químicos na cidade portuária de Tianjin, no nordeste do país. Em 2017, oito pessoas morreram e nove ficaram feridas numa explosão numa instalação petroquímica na província de Shandong.