Troca de tiros entre soldados indianos e paquistaneses fez pelo menos dez mortos e meia centena de feridos na fronteira entre as duas potências rivais, anunciaram hoje fontes oficiais.

Seis civis paquistaneses morreram perto da cidade de Sialkot, na província de Pendjab, enquanto quatro indianos na zona de Caxemira administrada pela Índia, de acordo com informações facultadas pelos responsáveis militares de ambos os países.

Segundo um comunicado do exército paquistanês, 46 pessoas, incluindo 22 mulheres, ficaram feridas do lado paquistanês da fronteira por disparos indianos durante a noite.