A violência regressou à cidade de São Paulo, no Brasil. A noite de terça-feira foi de confrontos com a polícia. Pelo menos 20 manifestantes foram detidos. Há registo de feridos, mas sem gravidade.

Os confrontos aconteceram na sequência de um protesto contra o governo regional.

A manifestação tinha sido convocada através da internet com o objetivo de reivindicar a saída do poder do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

De acordo com a imprensa local, o protesto reuniu cerca de 300 pessoas e começou de forma pacífica. Contudo, pequenos grupos de manifestantes atacaram bancos e lojas. Atos que levaram a uma forte intervenção da polícia que dispersou os manifestantes com bombas de gás lacrimogéneo e balas de borracha.