A família do jovem negro morto pela polícia no verão passado em Ferguson (Missouri, EUA) informou, esta quarta-feira, que vai processar formalmente a cidade.

Em comunicado, a família anunciou um «processo civil contra a cidade de Ferguson no âmbito da morte por negligência de Michael Brown», devendo a ação ser interposta junto do tribunal do condado de St Louis na manhã de quinta-feira.

A 09 de agosto, Michael Brown, de 18 anos, foi abatido a tiro pelo polícia Darren Wilson, quando se encontrava desarmado, num caso que desencadeou massivos protestos e reabriu dois debates chave nos Estados Unidos: a discriminação racial e a violência policial.