O comandante do grupo extremista Estado Islâmico em Fallujah, Iraque, foi morto num ataque aéreo durante a ofensiva que decorre para recuperar aquela cidade iraquiana, disse fonte militar esta sexta-feira.

Foram mortos pelo menos 70 combatentes inimigos, entre os quais Maher Al-Bilawi, comandante das forças do Estado Islâmico em Fallujah”, disse o coronel norte-americano Steve Warren, precisando que a coligação, liderada pelos Estados Unidos, fez mais de 20 bombardeamentos aéreos nos últimos quatro dias.

Falluja, na província de Anbar, foi a primeira cidade conquistada no Iraque pelo Estado Islâmico, em Janeiro de 2014. As forças iraquianas lançaram na segunda-feira uma grande operação para recuperar a cidade ao grupo extremista Estado Islâmico.

Desde dezembro que não chega a Falluja nenhuma ajuda: falta comida, medicamentos, electricidade.