A possibilidade de militantes do Estado Islâmico se esgueirarem para a Europa misturados no enorme fluxo de refugiados da Síria e de outros países tem preocupado governos e especialistas, mas uma fotografia viral que pretendia fazer prova disso mesmo não é de todo o que parece. Um par de imagens, que se tornou viral no Facebook e no Twitter, pretende mostrar que um militante jihadista veio para a Europa, fingindo ser um refugiado. Só que não é verdade.
 
 

Remember this guy? Posing in ISIS photos last year - now he's a "refugee"Are we suckers or what!

Posted by Peter Lee Goodchild on  Quinta-feira, 3 de Setembro de 2015


De acordo com a BBC News, o homem nas duas fotografias é, de facto, o mesmo, mas trata-se de um indivíduo perfeitamente identificado. Chama-se Laith Al Saleh e, em Agosto, deu uma entrevista à Associated Press. Laith Al Saleh lutou no Exército livre da Síria contra o regime do Presidente Bashar al-Assad e, antes da guerra civil, trabalhava como estucador na cidade natal de Aleppo. Saleh não é um militante do Estado Islâmico. Saleh é um rebelde sírio.

O post com as duas fotos, partilhado nos últimos dias mais de 70 mil vezes só numa conta de Facebook, espalhou-se também para o Twitter, e suscitou milhares de comentários.

O internauta que publicou no Facebook uma das versões mais virais da foto disse à BBC News que está arrependido e que lamenta ter contribuído para uma interpretação errada dos factos.

“Copiei a foto de boa-fé", diz Peter Lee Goodchild. “Eu só posso pedir desculpa por qualquer dano ou ofensa que causei”, afirma.