Inspirado pela mulher abandonada num restaurante Burger King e que se conseguiu reunir com a mãe, um homem de 36 anos, lançou uma campanha através das redes sociais para encontrar a mãe, que alegadamente o deixou num restaurante McDonalds de Nova Jérsia, nos Estados Unidos, em 1977.

Dois meses depois, a sua campanha começou a dar frutos. Ainda não encontrou a mãe, mas a Internet levou-o a conhecer o gerente do estabelecimento que foi quem o descobriu naquele dia.

O jornal da altura escreveu mal o nome da mulher, mas «Wilhemina Denkins» em vez de Dinkins. Mas, o mundo é pequeno e a mulher acabou por contactar Volk, que ficou «muito emocionado», como conta o «Daily Mail».

Dinkins trabalhava no restaurante juntamente com o filho de 17 anos. A filha, que estava lá também, viu uma mulher com um casaco comprido abandonar o restaurante e achou-a suspeita, mas é tudo o que sabe.

O bebé foi entregue aos serviços de segurança social e adotado pouco depois pela família Volk, mas David não perde a esperança de encontrar a mãe verdadeira.