Dois alegados terroristas morreram, esta sexta-feira, numa explosão de uma bomba de fabrico artesanal numa mesquita na República de Kabardino-Balkaria, no Cáucaso Norte, sul da Rússia, revelaram fontes policiais locais.

De acordo com as primeiras investigações, os dois homens morreram devido à explosão do engenho que tentavam colocar na mesquita na aldeia de Dugulugbei.

«No local da explosão foram encontradas partes dos corpos de dois homens e uma pistola Kalashnikov que foi roubada num ataque contra uma patrulha policial», disse à agência Interfax um porta-voz da polícia local.