O comandante da NATO no Afeganistão, o general norte-americano Joseph Dunford, defendeu, em entrevista publicada esta terça-feira no jornal «The Guardian», que as forças de segurança afegãs deverão necessitar de apoio ocidental por mais cinco anos.

Dunford alertou que o número de mortos registados entre o exército e a polícia do Afeganistão, que ascende a uma centena por semana, é «insustentável», considerando esta situação como «grave».

Para este general, o «tempo dirá» se a NATO esteve certa ao decidir alterar em junho o seu papel no Afeganistão de combate para «formação, aconselhamento e assistência» às forças locais.