Mais de 100 supostos insurgentes foram mortos num ataque aéreo lançado, esta madrugada, pelo exército paquistanês numa região tribal no noroeste do país, noticiou hoje o canal da televisão Dawn de língua urdu.

Na sequência do ataque, que visou uma zona tribal do Waziristão do Norte, foram destruídos oito esconderijos.

Segundo relatos dos «medias» locais, Abu Rehman, um líder de um grupo militante uzbeque, apontado como o «cérebro» do ataque lançado, no passado domingo, contra o aeroporto de Carachi também foi morto na ofensiva.