O antigo diretor de duas agências de informações norte-americanas, NSA e CIA, sob a presidência do republicano George W. Bush, Michael Hayden, comparou o recurso aos bombardeamentos contra o Estado Islâmico no Iraque a «sexo ocasional».

Em declarações à revista «US News & World Report», este general reformado disse: «A dependência que o poder aéreo causa tem toda a atração do sexo ocasional, porque parece oferecer satisfação, com muito pouco compromisso», como cita a Lusa.

Porém, Hayden avisou que o poder aéreo por si só pode ser insuficiente para acabar com o grupo islamita.