Mais de 200 presos, entre os quais dezenas de combatentes islamitas, evadiram-se na noite de segunda-feira de uma cadeia no noroeste do Paquistão depois de talibãs terem atacado o estabelecimento prisional, informaram as autoridades locais.

«Um total de 243 presos evadiram-se, dos quais seis foram mais tarde capturados pela polícia», disse um alto responsável paquistanês, Mushtaq Jadoon, em declarações ao canal de televisão Ary News citada na Lusa, ao salientar que 30 dos presos que fugiram eram rebeldes combatentes.