As sondagens combinadas na Grécia, ainda à espera de resultados oficiais, dão a vitória nas Europeias à Coligação de Esquerda Radical (Syriza), com 26 a 30 por cento dos votos contra 23 a 27 por cento da Nova Democracia do Governo de António Samaras.

Siga as eleições Europeias AO MINUTO

Também estimam que o Aurora Dourada, de extrema-direita, seja o terceiro partido mais votado, com 8 a 10 por cento dos votos, à frente dos socialistas do Pasok, coligados com a Nova Democracia no Governo, com 7 a 9 por cento. O Aurora Dourada, que tem vários dos seus líderes presos, pode assim chegar pela primeira vez ao Parlamento Europeu.

Europeias: resultados na Grécia

A extensão da vitória do Syriza, que se opõe aos termos do resgate financeiro a que a Grécia foi submetida pelas instituições internacionais, ditará também o futuro político do país, quando se estimava que um triunfo claro do partido de Alexis Tsipras, que é igualmente candidato a presidente da Comissão Europeia, pudesse colocar em causa a liderança de Samaras.