Pelo menos uma pessoa morreu e 37 ficaram feridas na noite de domingo quando uma mulher avançou propositadamente com um carro contra um grupo de pessoas em frente a um hotel na ‘strip’ de Las Vegas, nos EUA, onde decorria a eleição da miss Universo, informou a CNN.

Segundo a agência Reuters, a mulher, que tinha uma criança de três anos consigo no carro foi detida logo após o incidente.

A cadeia de televisão CNN, que cita os bombeiros, diz sete pessoas ficaram feridas com gravidade.

A polícia de La Vegas já fez saber que o incidente não foi um ato de terrorismo, mas admite que se tratou de um "ato intencional".


“Isto não é um ato de terrorismo”, essa hipótese “foi excluída”, disse o chefe adjunto da polícia, Brett Zimmerman, aos jornalistas.


Zimmerman acrescentou que a mulher subiu o passeio pelo menos três vezes, o que salienta a intenção de atropelar os peões. O chefe adjunto da polícia disse que a acusação contra a suspeita deve ser conhecida nas próximas horas.